BEM-VINDO

Share:
A IWC CELEBRA O 75.° ANIVERSÁRIO DE UM ÍCONE
A Nova Coleção Portofino Midsize
ADRIANA LIMA CORTA FITA INAUGURAL DA BIBLIOTECA “O PEQUENO PRÍNCIPE” DO HOSPITAL INFANTIL EM BRASIL
Share:

A IWC CELEBRA O 75.° ANIVERSÁRIO DE UM ÍCONE

Em 2015, a IWC Schaffhausen festeja o 75.º aniversário dos relógios Portugieser, uma linha de grandetradição. Por ocasião do jubileu, a IWC lança a nova coleção Portugieser com aperfeiçoamentos técnicos, estéticos e muitas novas funcionalidades. Paralelamente, a manufatura suíça de relógios de luxo vem consolidar a sua competência no fabrico de movimentos próprios, criando nos próximosanos três novas famílias de calibres manufaturados. O início dessa iniciativa é marcado pela família de calibres 52000, que se incorpora em quatro modelos da nova coleção Portugieser. O recém- construído calendário anual celebra a sua estreia, e a complicação do calendário perpétuo com data digital em grande formato dá entrada no portefólio do Portugieser.

“Com o jubileu dos 75 anos do relógio Portugieser, a IWC Schaffhausen celebra, em 2015, o aniversário de um verdadeiro ícone”, declara Georges Kern, CEO da IWC Schaffhausen. “O Portugieser é não só um dos nossos mais antigos e conhecidos relógios; é também, provavelmente, o mais prestigiado da nossa marca.” Nos anos 1930, o seu desenho sóbrio e clássico antecipava-se em muito à sua época. O seu movimento de relógio de bolso estabeleceu padrões em termos de precisão e instaurou o formato grande para os relógios de pulso, hoje em dia muito popular no setor de relojoaria e que se tornou, em todo o mundo, um marco de reconhecimento desta família de relógios IWC. “Com as suas complicações e movimentos exigentes, a linha Portugieser é, há muitas décadas, sinónimo da competência ao nível da manufatura da nossa empresa”, salienta Georges Kern. “Não há outra família de relógios IWC que integre tantas obras-primas técnicas da Haute Horlogerie.”

Em 2015, o ano Portugieser da IWC, o foco vai estar na recém-criada família de calibres manufaturados 52000, que se encontra já integrada em quatro modelos da atual coleção Portugieser. Além disso, a manufatura de Schaffhausen prevê introduzir, nos próximos anos, com os calibres 69000 e 42000, duas outras famílias novas de calibres, desenvolvidas e produzidas na própria casa. Georges Kern explica o acréscimo do portfólio de movimentos próprios: “Para além de completarem a nossa carteira, os recém-desenvolvidos calibres estabelecem novos padrões a nível técnico e estético. Ajudam-nos a fazer evoluir a marca e manter a posição da IWC como empresa de sucesso no mercado internacional da Haute Horlogerie.”

Não há outra família de relógios IWC que integre tantas obras-primas técnicas da Haute Horlogerie.

A NOVA COLEÇÃO PORTUGIESER DA IWC

Com o novo Portugieser Calendário Anual (ref. 5035), a IWC apresenta pela primeira vez um calendário anual. O mês, a data e o dia da semana são indicados em três janelas semicirculares separadas na posição das “12 horas”. O mecanismo de comutação calcula as diferentes duraçõesdos meses, mas não a duração divergente do mês de fevereiro nem os anos bissextos. Com a força de dois barriletes,o novo movimento manufaturado, calibre 52850, fornece o binário mais alto, necessário para acionar os três discos indicadores. Graças ao novo Portugieser Calendário Perpétuo Digital Data-Mês Edição “75th Anniversary” (ref. 3972), a família de relógios Portugieser dispõe agora também de um modelo com indicação grande e digital da data e do mês. O relógio exclusivo reúne alta competência em manufatura no calibre 89801 da IWC, que se apresenta com calendário perpétuo com indicação dos anos bissextos, circuito instantâneo das indicações grandes e cronógrafo com função de flyback. O Portugieser Corda Manual Oito Dias Edição “75th Anniversary” (ref. 5102) constitui a pedra angular da família de relógios. Embora o seu desenho purista se inspire no primeiro Portugieser (ref. 325) dos anos 1930, o seu calibre manufaturado IWC 59215 com reserva de marcha para oito dias está na vanguarda. A mais importante alteração no novo Portugieser Yacht Club Cronógrafo (ref. 3905) salta à vista: o diâmetroda caixa foi reduzido de 45,4 milímetros para 43,5 milímetros. A manufatura vai assim ao encontro da demanda de muitos clientes que pretendiam ter o modelo mais desportivo da linha de relógios Portugieser em tamanho um pouco menor. A largura da nova bracelete de cauchu foi adaptada ao carácter do relógio: fino e desportivo. Graças ao seu desenho elegante, a altura moderada da caixa e a elevada adequação à vida quotidiana, o Portugieser Cronógrafo (ref. 3714) continuará a sua marcha triunfal como relógio Portugieser mais cobiçado no seu ano comemorativo. Para a nova coleção, a IWC otimizou o Portugieser Calendário Perpétuo com Lua dupla (ref. 5034) e o Portugieser Calendário Perpétuo com Lua única (ref. 5033) a nível técnico e estético. Ambos os modelos são lançados, a partir de 2015, com movimentos manufaturados da nova família de calibres IWC 52000, que dispõem de massas oscilantes em ouro vermelho maciço e parafusos azulados. Os relógios estarão equipados com um vidro da frente de borda arqueada e braceletes nobres de Santoni. O mostrador do modelo de Lua dupla é ornamentado, pela primeira vez, com o ponteiro dos minutos caminho de ferro,típico dos relógios Portugieser, e a indicação das fases da Lua reluz no brilho de numerosas pequenas estrelas de ouro e prata.

IWC Portugieser Annual Calendar
—Portugieser Calendário Anual (ref. 5035)
IWC Portugieser Tourbillon Mystère Rétrograde
—Portugieser Tourbillon Mystère Rétrograde (ref. 5046)

Também o Portugieser Automático (ref. 5007) passa a ser acionado, a partir deste ano, por um movimento manufaturado da nova família de calibres 52000. A lendária corda Pellaton foi novamente aperfeiçoada:os trincos da corda, a roda automática, bem como o apoio da massa oscilante são feitos de cerâmica extremamente dura e resistente ao desgaste, e a impressionante reserva de marcha para sete dias é agora garantida por dois barriletes em vez de um – com uma frequência de 4 Hertz. Em 2015, a IWC enriquece o visual do Portugieser Tourbillon Mystère Rétrograde (ref. 5046). O novo vidro da frente de borda arqueada faz parecer o relógio mais fino. A bracelete exclusiva em pele de aligátor de Santoni e o novo calibre manufaturado 51900 tornam esta diva misteriosa mais atrativa. O Portugieser Repetição de Minutos (ref. 5449) continua a fascinar os fãs da mecânica relojoeira com uma das mais exigentes complicações da arte relojoeira. O Portugieser Grande Complicação (ref. 3776) reúne há cinco anos obras-primas da Haute Horlogerie, entre estas o calendário perpétuo, a indicação perpétua das fases da Lua e a repetição dos minutos. O seu mostrador é agora mais claro e harmonioso, e a gravura na parte posterior da caixa mostra uma bússola. Tanto a variante em ouro vermelho como a em platina são lançadas exclusivamente numa edição limitada a duzentos e cinquenta exemplares. O Portugieser Tourbillon Corda Manual (ref. 5463) continua a encantar os conhecedores da fina mecânica relojoeira com o seu “turbilhão” em filigrana. “Com duas referências novas e seis referências aperfeiçoadas da família Portugieser, a IWC Schaffhausen comprovará em 2015, mais uma vez, a sua capacidade inovadora e a grande paixão pelo trabalho relojoeiro. Uma valorização especial é dada à linha Portugieser pela nova família de calibres 52000, manufaturada na própria casa e que ganha também no aspeto estético”, resume o CEO da IWC, Georges Kern, o relançamento dos relógios Portugieser. “Estou convencido de que o Portugieser, graças à sua sofisticada técnica de manufatura, o seu desenho iconográfico e a sua história impressionante, continuará a contribuir decisivamente para o renome internacional da IWC.”

A Nova Coleção Portofino Midsize

OS NOVOS RELÓGIOS PORTOFINO MIDSIZE COMPLETAM A COLEÇÃO PORTOFINO DA IWC SCHAFFHAUSEN

Share:

A nova coleção Midsize torna a linha Portofino da IWC Schaffhausen também atraente para os amantes de relógios que prefiram cronógrafos um pouco menores no pulso. Com os dois modelos de 37 milímetros, Portofino Midsize Automático Fase da Lua e Portofino Midsize Automático Dia e Noite, duas belezas brilhantes entram nesta família de relógios da manufatura suíça de relógios, apresentando-se com sete variantes perfeitamente adaptadas à elegância intemporal desta cidadezinha costeira italiana. O Portofino Midsize Automático surge, em 2014, logo com dez variantes em caixa de 37 milímetros, disponíveis opcionalmente com ou sem luneta engastada com diamantes. A entrada em cena é completada pelos três modelos Portofino Automático que se apresentam em caixa de 40 milímetros, ornamentada com pedras preciosas.

A coleção Portofino é, há três décadas, considerada expressão de elegância e bom gosto. Graças ao seu desenho purista e intemporal, esta família de relógios tornou-se garantia do sucesso da manufatura de Schaffhausen, sendo tanto apreciada por mulheres como por homens. Georges Kern, CEO da IWC Schaffhausen, explica a ideia subjacente da nova coleção Portofino 2014: “A IWC, como marca mundial, observa com grande interesse as preferências estéticas globais e os hábitos de uso de relógios e joias. Nós constatamos uma crescente procura de relógios com diamantes a nível mundial. “A IWC Schaffhausen responde a esta demanda com um aperfeiçoamento cuidadoso da família de relógios Portofino, rica em tradição e cujo núcleo da marca continua a persistir: beleza extravagante e elegância intemporal. “Com a coleção Midsize, tornamos o nosso clássico de grande sucesso também interessante para clientes com pulsos finos”, explica Georges Kern. “Os modelos ornamentados com diamantes atraem todos aqueles que queiram combinar, no seu relógio, um desenho singelo com um toque requintado.”

A coleção Portofino Midsize 2014 compreende três novos modelos de 37 milímetros em 17 variantes de desenho: o Portofino Midsize Automático Fase da Lua (ref. 4590), o Portofino Midsize Automático Dia e Noite (ref. 4591) e o Portofino Midsize Automático (ref. 4581). Para além da coleção Midsize, a IWC apresenta ainda três novos modelos Portofino Automático (ref. 3565) numa caixa de 40 milímetros.

ADRIANA LIMA CORTA FITA INAUGURAL DA BIBLIOTECA “O PEQUENO PRÍNCIPE” DO HOSPITAL INFANTIL EM BRASIL

IWC Adriana Lima Library Opening Brazil

Curitiba, Brasil, 14 de abril de 2015 – A manufatura de relógios suíça IWC Schaffhausen e a embaixadora da marca Adriana Lima inauguraram hoje o novo espaço de recreação e uma moderna biblioteca no Hospital Infantil Pequeno Príncipe em Curitiba, Paraná. A expansão foi possível devido ao valor arrecadado em leilão realizado em novembro de 2014, quando a venda de um relógio de platina da IWC atingiu 40.000 francos suíços (cerca de 132.000 reais). Graças ao comprometimento da IWC, que realizou o projeto junto à Fundação Antoine de Saint-Exupéry pour la Jeunesse, crianças e jovens hospitalizados poderão ter uma folga da rotina de quem vive em regime de internação, desfrutando de um espaço aconchegante em que possam passar um tempo com amigos e familiares em meio a livros e histórias.

“Venha brincar comigo, estou tão triste”, leu em voz alta Adriana Lima, no papel do Pequeno Príncipe, da história homônima de Antoine de Saint-Exupéry. “Eu não posso brincar com você”, respondeu Fabiele, de 13 anos, imitando a voz da raposa. “Eu ainda não fui domesticada.” Um grupo de jovens pacientes fascinados se encantou com cada palavra na nova biblioteca do Hospital Infantil Pequeno Príncipe em Curitiba. Como embaixadora da IWC Schaffhausen, a supermodelo brasileira leu trechos da obra de Antoine de Saint-Exupéry “O Pequeno Príncipe” para as crianças, depois de cortar a fita de inauguração na cerimônia oficial de abertura das novas áreas de recreação do hospital. Como convidada de honra da cerimônia no hospital, Fabiele a acompanhou. A jovem de 13 anos foi diagnosticada com uma síndrome extremamente rara antes de seu segundo aniversário e, desde então, passa a vida entre sua casa e o hospital. Mesmo assim, ela se recusa a render-se a suas limitações físicas. É uma leitora voraz, ama poesia e é fanática por futebol. Adriana Lima se impressionou com as instalações. “Fiz um tour por diversos departamentos do hospital e visitei várias crianças”, comentou. “O atendimento médico é de primeira classe para estas crianças que passam por muitos procedimentos. Elas querem apenas um pouco de normalidade em suas vidas, um alívio do cotidiano do hospital e um lugar onde possam estar junto com outras crianças e com seus familiares e amigos. Fico muito feliz por podermos criar com essa biblioteca um espaço que atenda essas necessidades”, completa Adriana. Uma seleção de livros, computadores e ebooks está à disposição para que os jovens pacientes possam descobrir o prazer de leitura e da cultura, desfrutando de atividades de lazer construtivas. A diretora do hospital, Ety Gonçalves Forte, é grata pela doação: “Esta nova biblioteca oferece mais de mil livros, além de quatro ‘carrinhos-biblioteca’, que serão usados para levar os livros aos pacientes que não podem sair da cama. Isso é fantástico!” O Hospital Infantil Pequeno Príncipe no Brasil é um respeitado centro especializado em procedimentos extremamente complexos, como cirurgias cardíacas, transplantes de órgãos e ossos e tratamento de câncer. Trata crianças de todo o país, assim como de países vizinhos. O hospital realiza cerca de 19.000 operações todos os anos, trata em torno de 319.000 pacientes externos e admite outros 24.000 pacientes internos anualmente. Cerca de 70 por cento da capacidade do hospital é reservada para pacientes elegíveis para tratamento pelos serviços de saúde gerais e gratuitos, o Sistema Único de Saúde, ou seja, famílias de baixa renda podem beneficiar-se dos excelentes serviços do hospital.

IWC Adriana Lima

A IWC iniciou sua parceria com os descendentes de Antoine de Saint-Exupéry em 2006 e, desde então, a empresa tem produzido uma série de sua linha Relógios Aviador com edições limitadas para colaborar em manter viva a memória do extraordinário escritor e piloto francês. Diversas peças únicas em platina alcançaram, desde então, valores altíssimos em leilões e a IWC usou estes proventos para apoiar projetos que beneficiam crianças em situações adversas. Recentemente, em novembro de 2014, a manufatura de relógios de luxo suíça doou uma valiosa peça que foi à leilão pela Sotheby’s Genebra. O Relógio Aviador Cronógrafo Edição “The Last Flight” (ref. IW388005), em platina, foi arrematado por 40.000 mil francos suíços (cerca de 132.000 reais) e teve toda a renda revertida para a Fundação Antoine de Saint-Exupéry pour la Jeunesse, que a direcionou para a construção da nova biblioteca e a reforma das áreas de recreação do hospital infantil no Brasil. “É um privilégio trabalhar com parceiros tão comprometidos como os descendentes de Antoine de Saint-Exupéry para conseguir alcançar nossas metas para o bem das crianças. A leitura é uma fonte poderosa de inspiração e a nova biblioteca ajudará imensamente estas crianças a manter suas mentes abertas e alertas”, disse Georges Kern, CEO da IWC Schaffhausen. Para ele, responsabilidade social corporativa é um dever mandatório para qualquer empresa bem-sucedida.

Catálogo IWC

Conheça a Coleção IWC 2015/2016

IWC Sammelband

O catálogo IWC apresenta informações exclusivas sobre produtos, famílias, tecnologia e a história da IWC.
Clique aqui para acessar nosso E-book

CONTATO O IWC BOUTIQUE

Endereço

Shopping JK Iguatemi
Av. Presidente Juscelino Kubitschek
2041 – Loja 128 Vila Olímpia
São Paulo